Graça

performance em galeria, 15′ em média, 2017 e 2019

A MESA E ATELIÊ SANITÁRIO, RIO DE JANEIRO, RJ

Coberta por um lençol claro dos pés à cabeça, com apenas a face exposta, entro lentamente
no espaço expositivo e crio um profundo contato visual com o público. Em seguida, me posiciono centralmente no espaço e após alguns segundos deixo cair o lençol de modo a mostrar minha completa nudez. Lentamente agacho, estico o lençol no chão e sento sobre ele numa postura meditativa. Fico alguns segundos nesta posição, serena, apenas olhando docemente cada espectador, um por um.
Minutos depois, começo a beijar meu ombro esquerdo, ainda mantendo o contato visual. O
simples beijar evolui, lentamente, para lambidas, chupadas e mordidas vagarosas por todo o
braço esquerdo, espécie de gesto “autoerótico” a produzir uma sensual sonoridade. Quando a boca chega na mão, fecho os olhos e chupo lentamente cada um dos dedos. A ação encerra em seguida: levanto-me, cubro-me com o lençol, faço gesto de agradecimento e saio, lentamente, do espaço expositivo.
A ação possui ainda um outra versão (realizada em 2019 no Salão vermelho de artes degeneradas, no Ateliê Sanitário) onde utilizo o lençol como toalha de mesa e em vez de me sentar no chão, realizo a ação sobre a mesa.

close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star